dodô

dodô

21 setembro 2008

Culinária de papel, pesquisa de Laura Graziela Gomes e Livia Barbosa

que está em:
http://www.fgv.br/fgvportal/

"Por culinária de papel entendemos todo material impresso sobre a arte de cozinhar e/ou relativo às diferentes cozinhas e culinárias existentes. (...) Acrescente-se a isso o fato de a culinária de papel ter sido fundamental para o estabelecimento de uma gastronomia no Ocidente. Isso significa que a constituição de um campo específico a partir do qual o 'gosto' culinário foi formado e arbitrado dependeu bastante das publicações impressas. Sem dúvida alguma, essa é uma razão suficiente para empreendermos um levantamento sobre a culinária de papel no Brasil. Estamos partindo do seguinte pressuposto: embora essa modalidade de cozinha mantenha uma relação íntima com a culinária real ou habitual (aquela praticada cotidianamente por toda e qualquer sociedade), a culinária de papel não pretende pura e simplesmente reproduzi-la. Ao registrá-la, documentá-la e publicá-la sob várias formas, a culinária de papel acaba por transformar, muitas vezes, a culinária real em uma culinária cuja difusão e circulação poderá vir a se constituir em um paradigma do gosto e, eventualmente, em uma marca identitária de todo um povo, como ocorre, por exemplo, na França, onde a combinação de uma cultura do impresso com a arte de cozinhar gerou um estilo gastronômico emblemático para o Ocidente."

Nenhum comentário: