dodô

dodô

18 maio 2010

hoje no Tutti Giorni: Carême minimalista!

que gostosura acordar com esse plic plic de chuva! dá uma vontade de ficar montando pecinhas, pintando cores, canequina de chá do lado...
mas isso já não é mais curtir a vagabundagem... digo, a convalescença!
estou é vendo umas coisas do Carême, que fazia nos idos de 1840 fazia pratos literalmente esculturais; e partindo daí e umas idéias que eu já tenho, finalizar o nosso jantar de hoje no Tutti!
calaro que não pretendo reproduzir nada assim
http://migre.me/FZge

mas já é legal olhar essas maravilhas pra mó de dar uma levantadinha no astral do prato!

apresentando nosso Carême minimal de hoje, já apresento o novo sistema das jantas:
a carne vai ser separadinha do prato.
há uma coerência entre eles, ela pode ser uma continuação do prato, pra quem quiser.
Pra quem não quiser, ou acabar ficando sem, porque serão poucas, não se preocupe, o prato é completo, ele se sustenta material e ideiísticamente, e satisfaz! La garantía soy yo!

Assim, hoje, teremos abobrinha recheada com um ragú de legumes bem rico, de molho grosso, bem temperado, sobre uma camona de arroz. estou pensando ainda no que colocar no arroz, confesso. Mas já sei que irão castanhas de cajú. Estas gracinhas vieram do Rio Grande do Norte, e não são super torradas como costumamos ver, então elas são mais branquinhas e bem mais aveludadas que as assadas, e a textura dela, com a super maciez da abobrinha, e o molhão do ragú, sinceramente.. vai ser 'o' bicho!

o acompanhamento é músculo de panela. Também com molhão que pode se encaixar bem com o ragú.
a 5 pilas o acompanhamento,
e 8 pilas o prato.

Um comentário:

RUBEN CASTILLO disse...

um bocado de este plato subió y quedó instalado en mi cerebro para siempre...siempre..