dodô

dodô

01 outubro 2015

Amado

        "A senhora do senador, escandalizada, benzia-se. O diplomata sorria por vaidade. O bispo, que era inteligente, quis protestar. Não houve, porém, tempo. um rapaz de bordo agitava uma sineta enorme chamando para o lanche.
        E todos obedeceram a Sua Majestade, o Estômago."

          
          in: AMADO, Jorge. O País do Carnaval. pag 14

Nenhum comentário: