dodô

dodô

10 maio 2016

Sopa de Abóbora com Pasta de Amendoim e Sálvia. Puro Veludo


Sopa de Abóbora em 3 momentos:

1. um domingo de chuva, o forno aceso para o bolo, uma cabotiá inteira. Eu nem sabia o que faria com ela, mas gosto de assar as abóboras inteiras, ficam mais bonitas e saborosas do que cozidas, então lá foi ela, foram também vários dentes de alho - porque alho assado, sinceramente, é uma das melhores coisas da vida!

2. Andando no supermercado, um chamado. Quando me viro, lá está ele: um potão de pasta de amendoim. Primeiro pensei que fosse um treco cheio de açúcar, conservantes ou sei lá o que. Ingredientes: amendoim torrado. Foi um momento comovente! É praticamente um tahine tropical. Veio pra casa, claro!

3. Momento consciente da sopa, ou amarrando as pontas da sopa
. Como a cabotiá ainda estava macia mas quase al dente, descasquei, cortei e coloquei em uma panela. Ali também uns dentes de alho, mas talvez até ficasse melhor com alhos suados na hora pra ficar mais fortinho.
. Cobri com água e foi para o fogo. Ali também coloquei folhas de lourinho e sal.
. Quando ficou macia bati metade no processador (peguei todas as folhinhas de lourinho que consegui, pois elas são durinhas) e deixei bastantes alhos de fora, para que ficassem inteiros. E pasta de amendoim. Misturei tudo de volta.
. Fritei em óleo de girassol várias folhas de sálvia e coloquei somente na hora de servir.
. Acabei adicionando um molho de pimenta tabasco que tem um gostinho de pimenta cumari mas não é matadora de língua, mas dá um contraponto lindo e muito bom à doçura da abóbora e à untuosidade do amendoim.



Nenhum comentário: