dodô

dodô

18 setembro 2016

Fainá com Pimentão, Shitake e Tomate

                 Quero agradecer de todo o coração ao gênio vegano que associou a farinha de grão de bico à omelete e a trouxe pro mercado, porque, puxa vida, desde esse dia eu sonho com mais harina de garbanzo! 03 de janeiro de 2011, minha gente!!



                 Agora até no interior tem! Então corri pra garantir meu quilo! Então fiz o seguinte:




coloquei uma parte da farinha em 3 partes de água e deixei hidratando por 4 horas. Então coloquei sal. Na receita tradicional você esquenta o forno e esquenta antes uma forma redonda com umas 3 cS de óleo, então coloca a massa (que na verdade é praticamente um líquido) em temperatura alta.

                 Tenho minha frigideira de ferro com tampa que quase sempre tem que se virar como meu forninho, e lá foi ela de novo. Frigideira quente, um pouco de óleo, a massa e deixei semi tampada para que a umidade pudesse sair. Demorou uns 10 minutos para fazer a casquinha na superfície de baixo então virei.


                 Pra acompanhar tive de novo a ideia do pimentão - deve ter ficado no meu subconsciente porque só me lembrei desse convite do Tutti agora há pouco - e salteei com shitake e acrescentei tomates pelados em pedaços. Não virou um molho mas ficou molhadinho. E como ficou bom!




                 Na hora de servir, salpicar pimenta branca.
                 
                 E ofereço ao vento, que faz reviver!




Nenhum comentário: