dodô

dodô

11 junho 2017

Conchiglione com Muhammara

Macio, com pedacinhos durinhos pra morder, o gostinho do pimentão assado e o conforto da massa. Tudo a ver com esse dia ensolarado de inverno




MUHAMMARA é uma pasta que pode ser preparada antecipadamente. Pelo menos foi o que eu fiz. E hoje quando ainda não sabia o que faria de almoço abri a geladeira e ele estava lá, inspirador, yeah!
A receita original é com nozes, mas não tive coragem $$$ de comprar nozes (principalmente pq não conhecia o preparo, na próxima quero experimentar certinho, sim) e com pimentão vermelho mas os amarelos estavam mais bonitos, então não tive dúvidas, amarelo seria!
Comprei 3 grandões, que pesaram 900g, queimei na boca do fogão e deixei em um pote fechado até esfriar para descascar.
Pode-se preparar num processadorpara uma pasta mais fina mas como normalmente gosto muito de pedacinhos para morder, foi tudo na faca:

¾ xíc {amendoim + amêndoa} tostados
2 dentes de alho
¼ xíc farinha de rosca
900g de pimentão assado e descascado
½ cc pimenta síria
½ cc cominho em pó
½ cc pimenta caiena
sal
3cS azeite de oliva

na receita também vai 1 cS de suco de limão mas sempre gosto de colocar na hora de servir




Para o preparo do prato, cortei couve flor em floretes pequenos e tostei na frigideira de ferro bem quente tampada, para que cozinhe enquanto tosta. Quase no final acrescentei berinjela em cubos de 1cm, deixei dar uma tostadinha ,salguei tudo e apageuei o fogo, mantendo a panelinha tampada para que terminem de cozinhar no calorzinho.


Cozinhei conchiglione.


Pensava que tinha um potinho de molho de tomates no congelador, mas, ledo engano. Por sorte uma garrafa de passata deu o vermelhinho do fundo do prato.Pouquinho mesmo, pra dar um molhadinho e acidez. Pensando nisso misturei ali o suco de limão que ia na receita do muhammara.


Recheei conchigliones com berinjela, cobri com muhammara e servi com os pedaços de couve flor.

Nenhum comentário: