dodô

dodô

10 outubro 2008

Antropofagia Modernista


"O movimento da antropofagia, que influenciou muitos artistas,escritores e poetas brasileiros envolvidos com o modernismo, pregava a idéia simbólica de que se deveriam "deglutir" todas as influências estrangeiras que fossem interessantes e "digeri-las" junto com os valores das raízes brasileiras.A idéia era formar uma linguagem inovadora,capaz de retratar a identidade nacional e afinar-se com os projetos modernos da vanguarda contemporânea."

(...)
Lembra-se da revista "Cannibale", de Francis Picabia ?
Na Europa a idéia de canibalismo já estava sendo comentada na arte como uma forma simbólica de "comer" diferentes influências.

No Brasil, na época do descobrimento, os europeus perceberam que o canibalismo era realmente praticado pelos índios, que comiam aqueles a quem admiravam,rejeitando os fracos e os covardes para que, ao comê-los, não fossem contaminados.Aqueles que admiravam, ao contrário, eram devorados para que seus espíritos de coragem se transferissem para quem os ingerisse.

A idéia do canibalismo e da antropofagia (antropofagia vem de antropófago, "que come carne humana") parecia perfeitamente adequada à situação do Brasil, país novo com uma mistura cultural de raças,inclusive com tribos indígenas que praticavam o canibalismo quando os portugueses aqui chegaram."

Paula Valéria Andrade
http://www.revistazunai.com.br/officina/arquivos/visuais/estudos/antropofagia_paula_valeria.htm

Nenhum comentário: